Portal da Cidade Mogi Mirim

CRIME ORGANIZADO

Mulher presa em Mogi é suspeita de integrar quadrilha que incendiou caminhões

Investigadores da DIG de Mogi Guaçu cumpriram mandado no Jardim Planalto, onde a suspeita foi presa

Postado em 21/10/2021 às 11:50 |

Policiais da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Mogi Guaçu estiveram hoje, em Mogi Mirim para cumprir mandado de busca e apreensão em uma casa do Jardim Planalto, Zona Sul da cidade. Uma mulher acabou presa, mas a DIG não deu maiores detalhes.
A ação faz parte da operação “Vesúvio”, que foi deflagrada em Pernambuco, São Paulo e Minas Gerais. O objetivo principal é combater uma organização criminosa suspeita de, no último sábado (17), ter ateado fogo em oito caminhões cegonhas da transportadora Sada, em Pernambuco.
Essa empresa presta serviços ao pólo automotivo da FCA (Fiat e Chrysler Automobiles), na cidade de Goiana, localizada na região metropolitana de Recife (PE). Segundo a empresa, 74 carros da Jeep e Fiat foram totalmente destruídos no atentado.
Além disso, 26 ônibus de transporte de trabalhadores também foram atingidos pelas chamas. Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pela Vara Criminal de Goiana e além de Mogi Mirim, também estão sendo cumpridos em São Paulo, São Bernardo do Campo e alguns municípios mineiros.

Fonte:

Receba as notícias de Mogi Mirim no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias