Portal da Cidade Mogi Mirim

CONTRABANDO

Mogimiriana é detida no Mato Grosso do Sul com dois filhotes de papagaio

Ela foi parada pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) na BR 267, em Bataguassu, cidade que fica a 335 quilômetros de Campo Grande

Postado em 25/10/2020 às 22:00

(Foto: Divulgação)

Apesar das recomendações da PMA (Polícia Militar Ambiental) sobre a proibição de criação de aves em cativeiro - o que só é possível com autorização de órgãos ambientais - muitas pessoas teimam em cometer esse crime contra a fauna brasileira.

Na manhã deste domingo (25), uma mogimiriana de 33 anos foi presa em flagrante, no Mato Grosso do Sul, contrabandeando dois filhotes de papagaio que, segundo ela, seriam vendidos em Mogi Mirim. A mulher foi presa pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), na BR 267, em Bataguassu, cidade que fica a 335 quilômetros de Campo Grande (MS).

Além de uma multa de R$ 10 mil, a mogimiriana ainda poderá pegar uma pena de seis meses a um ano por comercializar, ilegalmente, espécies da fauna brasileira. Policiais militares ambientais foram chamados e resgataram os animais. Eles disseram que os filhotes estavam sendo transportados em um Chevrolet Onix de Ponta Porã para Mogi Mirim.

As aves, que estavam em uma caixa de papelão, já foram encaminhadas ao CRAS (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres) de Campo Grande, onde permanecerão até poderem ser reintroduzidos em seu habitat.

Os policiais ambientais também explicaram que o período entre agosto a dezembro é o de reprodução dessa espécie, o que torna o contrabando ainda mais cruel. A mogimiriana, pagou fiança e vai responder o processo em liberdade. (Com informações de Campo Grande News).


Fonte:

Receba as notícias de Mogi Mirim no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário