Portal da Cidade Mogi Mirim

ELEIÇÕES 2020

PAULO SILVA DESBANCA CNB E É ELEITO PREFEITO

Mesmo sem resultado oficial, ex-prefeito deve ser confirmado para o terceiro mandato, com base nos extratos de urnas contabilizados

Postado em 15/11/2020 às 20:50 |

Paulo Silva (PDT) impôs mais uma derrota ao prefeito Carlos Nelson Bueno (PSDB) e foi eleito prefeito de Mogi Mirim neste domingo, dia 15. O resultado começou a ser reconhecido instantes após o término da votação, às 17h, com a impressão das filipetas das urnas.

Paulo Silva superou Carlos Nelson pela segunda vez em que ambos se enfrentam nas urnas. A primeira vez foi duas décadas atrás. Em 2000, Paulo Silva buscava a reeleição e venceu Carlos Nelson, que em 1999 havia transferido o domicílio eleitoral para Mogi Mirim.

Médico sanitarista, nascido em Aimorés (MG), mas criado em Governador Valadares, Paulo Silva chegou em Mogi Mirim no início dos anos 1980, já trabalhando nos postos de saúde da cidade.

No segundo governo do prefeito Luiz Amoedo de Campos Neto (1982-1988), ele ajudou o então emedebista a expandir os postos de saúde para a periferia.

Nas eleições municipais de 1988, Paulo Silva njá era um médico conhecido nos bairros da Zona Norte e Leste. Tanto que foi um dos candidatos a vereador mais votados da história da cidade.

Na época, não conseguiu se eleger por causa do partido, o PCdoB. A redenção política no médico veio em 1992, quando finalmente alcançou uma cadeira no Legislativo Mogimiriano, agora no PSB.

Foi oposição ao governo do prefeito Jamil Bacar e nas eleições de 1996, enfrentando José dos Santos Moreno, o Mogianinho, Paulo Silva surpreende e vence as eleições.

Era a primeira vez que uma coligação de esquerda, formada pelo PT e PSB chegava ao poder na história de Mogi Mirim. Também enfrentou uma oposição ferrenha na Câmara e a ruptura com o PT, menos de seis meses após a vitória nas urnas.

Apesar das dificuldades econômicas, seu primeiro governo conseguiu sanear as finanças públicas, construir 14 novas escolas e trazer inúmeras empresas para a cidade, gerando muitos empregos.

Foi reeleito prefeito em 2000, derrotando o atual prefeito Carlos Nelson Bueno (PSDB). Porém, foi acusado de cometer "estelionato eleitoral" ao prometer um megaempreendimento industrial e aeroportuário que jamais saiu do papel.

O resultado disso e do crescimento de sua rejeição, levou CNB ao poder nas eleições de 2004, derrotando a candidata de Paulo Silva, a então vereadora Maria Helena Scudeler de Barros (PSDB).

Na noite deste domingo, Paulo Silva comemorou sua terceira vitória de maior expressão política. Na primeira vez que ganhou, Paulo Silva vendeu um Chevrolet Omega da Prefeitura, como exemplo de austeridade.

Agora, promete tirar o gabinete do Prefeito da avenida Pedro Botesi para o centro da cidade. "E será um gabinete aberto à população", garante.


Fonte:

Receba as notícias de Mogi Mirim no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário