Portal da Cidade Mogi Mirim

RETORNAM ÀS AULAS

Quase 6 mil alunos da rede municipal de ensino voltam às aulas no próximo dia 16

Anúncio foi feito pelo prefeito Paulo Silva e pela secretária de Educação, Ana Lúcia Peruchi

Postado em 05/08/2021 às 23:47 |

Quase seis mil alunos da rede municipal de ensino deverão retornar às aulas a partir do próximo dia 16. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (6), pelo prefeito Paulo Silva (PDT) e pela secretária de Educação, Ana Lúcia Bueno Peruchi. Os alunos serão divididos em duas turmas por classe, frequentando aulas presenciais, semana sim, semana não.

Paulo Silva disse que a volta às aulas foi garantida pela melhor condição sanitária da cidade e que o retorno dos alunos às escolas será feito com a máxima segurança. Já a secretária de Educação afirmou que estava feliz e emocionada em anunciar o retorno das aulas presenciais. “Fizemos um grande plano para a volta às aulas com nossa equipe pedagógica, administrativa e em parceria com a Secretaria da Saúde”, relatou.

Ana Lúcia disse que foram várias reuniões com diretores de escolas para garantir o protocolo sanitário para todas as Emebs (Escolas Municipais de Ensino Fundamental). “Hoje, todas as unidades são providas de totens de álcool, termômetro, máscaras e até faceshield doadas pela empresa Cortag”, disse.

Ela destacou ainda que dos 1.344 funcionários da Educação, 963 já tomaram a primeira ou segunda dose da vacina contra a Covid-19.

Além de todos esses cuidados, os motoristas que fazem o transporte de alunos também foram orientados sobre os cuidados com a higiene e em todas as escolas haverá uma sala reservada ao acolhimento de crianças que apresentarem febre ou qualquer outro sintoma da Covid-19.

A secretária de Educação revelou ainda que pesquisas com pais de alunos em três escolas revelaram que mais de 80% deles são favoráveis ao retorno às aulas presenciais. No entanto, Ana Lúcia disse que os pais não são obrigados a enviarem os filhos às escolas, se não sentirem que estão seguros.

Porém, terão que assinar um termo de compromisso de retirada do material didático e exercícios que serão fornecidos às crianças que optarem por ficar em casa. A Secretaria de Educação também já distribuiu a merenda para as Emebs e vai priorizar a distribuição de cestas básicas às crianças em situação de vulnerabilidade.

Sobre os Cempis (Centro Educacionais Municipais da Primeira Infância) - as creches - a retomada das aulas dependerá do resultado positivo e seguro da volta dos alunos do ensino fundamental.

Neste primeiro momento, seguirão com atividades remotas. Os CEMPIs atendem crianças de 4 meses a 3 anos e 11 meses. Exatamente pela complexidade da faixa compreendida, que demanda maior dependência e proximidade entre alunos e docentes, como cuidados no colo, higienização, entre outros, a retomada para estas unidades acontecerá em outra fase.

ELOGIOS

Por último, Ana Lúcia elogiou o esforço de diretores, professores e demais funcionários da Educação pelo empenho neste período de pandemia. Ela citou, como exemplo, a dedicação dos professores nas aulas online. “Eles tiveram que se superar, reinventar-se e se atualizar para vivenciar essa situação de emergência”, externou.

Também presente à coletiva, a coordenadora da VS (Vigilância em Saúde), Vivian Dellalibera de Souza Custódio garantiu que todas as escolas estão aptas a receber os alunos e passaram por inspeção desse órgão. “Todos os protocolos sanitários foram cumpridos e aprovados”, acrescentou.

Ela comentou que a volta às aulas por parte das escolas particulares e da rede estadual, serviram de parâmetro para o protocolo local. “Vimos que não houve aumento de contágio, mas em todo caso, estaremos acompanhando os alunos, inclusive com testagem para Covid-19”, ressaltou.


Fonte:

Receba as notícias de Mogi Mirim no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias