Portal da Cidade Mogi Mirim

CIDADE DE LUTO

Morre Cilene Reis Lima, uma das maiores incentivadoras da cultura mogimiriana

O velório da produtora cultural será a partir das 13h00, no velório municipal, com enterro previsto para as 15h00 no Cemitério da Saudade

Postado em 23/10/2021 às 10:40 |

Faleceu na madruga deste sábado, em sua casa, a atriz, produtora cultural e ex-secretária de Cultura de Mogi Mirim, Cilene Reis Lima, 61, casada com o maestro Carlos Lima. Natural de Andradas (MG), Cilene sempre esteve ligada à cultura mogimiriana, fazendo parte do pioneiro grupo teatral da professora Zelândia de Araújo Ribeiro, em meados dos anos 1970, na escola estadual Monsenhor Nora.

Com a morte prematura da professora, o grupo passou a se chamar “Teatro Zelândia”. A partir daí, sempre esteve ligada a outras trupes de artistas da cidade, promovendo o teatro amador com esquetes e apresentações em Mogi Mirim e região. Nos anos 1980, casa-se com o maestro Carlos Lima, uma “parceria cultural” que durou até hoje.

Na primeira gestão do prefeito Paulo Silva (1997-2004), Cilene exerceu a função de diretora de Cultura. Sob o seu comando, o Centro Cultural viveu uma efervescência cultural jamais vista na cidade, com shows de grandes nomes da MPB, apresentações de teatro, exposições e o famoso Bar dos Artistas, idealizado por ela para angariar fundo para a cultura. 

Durante esses eventos, Cilene promovia artistas da cidade, no campo da música, teatro, poesia, artes plásticas, fotografia, etc. Também durante a primeira gestão do prefeito Carlos Nelson Bueno, ela retornou à pasta da Cultura no cargo de secretária municipal. Coincidentemente, no último dia 15, o Bar dos Artistas foi relançado  como se fosse uma última  homenagem à criadora. Cilene tinha o título de Cidadã Mogimiriana, outorgado pelo vereador Alexandre Cintra (PSDB). Ela deixa marido e duas filhas, as gêmeas Isabela e Gabriela.


Fonte:

Receba as notícias de Mogi Mirim no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias