Portal da Cidade Mogi Mirim

MELHORIAS

Iniciada a obra da base do novo reservatório do alto do Mirante

A primeira atividade para a construção da base são as perfurações que constituirão a fundação da estrutura, composta por 52 estacas

Postado em 19/11/2020 às 10:54

A primeira atividade para a construção da base são as perfurações que constituirão a fundação da estrutura, composta por 52 estacas

A empresa DJR de OIiveira iniciou nesta semana as obras da base que sustentará o novo reservatório que será implantado pelo SAAE no Jardim Alto do Mirante, Zona Leste da cidade. Vencedora do processo de licitação aberto pela autarquia, a empresa foi contratada por R$ 214.408,89, valor que será custeado pelo financiamento firmado pelo Município junto à Caixa Econômica Federal. 

Com capacidade para armazenar 2 milhões de litros de água potável, o reservatório será erguido num terreno localizado na esquina da rua Liberato Souza Leite com a rodovia Elzio Mariotoni, ao lado do reservatório já existente, com a mesma capacidade. A estrutura ajudará na distribuição de água para os moradores da Zona Leste de Mogi Mirim.

A primeira atividade para a construção da base são as perfurações que constituirão a fundação da estrutura, composta por 52 estacas hélice continua com 40 centímetros de diâmetro e 18 metros de profundidade. A estaca hélice contínua é uma estaca de concreto moldada "in loco", cuja perfuração consiste na introdução de um trado helicoidal (acessório em forma de espiral, com tubo vazado central) no terreno, por rotação, até a profundidade prevista no projeto.

Finalizada a perfuração, o concreto é lançado através do tubo metálico, simultaneamente com a retirada do trado. A injeção de concreto é feita com o auxílio de uma bomba de concreto estacionária acoplada ao mangote da perfuratriz. No momento da injeção, o trado é retirado do furo.

Assim que termina a injeção, o equipamento deixa a posição para que os ajudantes insiram a armação de ferro no furo da estaca. Cada armação tem oito metros de profundidade. Após esta etapa, empresa montará um bloco sobre as estacas, totalmente constituído em concreto armado, instalado sobre uma superfície regularizada com lastro de cinco centímetros de brita ou concreto magro.

O serviço de concretagem será aplicado em um nicho delimitado por formas convencionais de madeira e ferro. Ao termino desta etapa, a base deverá ter 15,92 metros em formato circular.

Somente com a base concluída é que começará a instalação do reservatório, cujo serviço será de responsabilidade da Metalúrgica Carmar. A empresa vencedora da licitação terá quatro meses para providenciar a entrega e a instalação da estrutura. O valor do serviço será de R$ 832.880,00 e o recurso também será financiado.

O reservatório será metálico, em formato cilíndrico, com pouco mais de 14 metros de diâmetro e 13 metros de altura. Ele será dotado de duas bocas de inspeção - uma no teto e outra no costado; plataforma de descanso, escadas interna e externa, e guarda-corpo em todo contorno do teto e laterais da plataforma. Além de todo sistema elétrico para indicação e regulação de nível e do sistema hidráulico.


Fonte:

Receba as notícias de Mogi Mirim no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário